Comunicação na sociologia: o grupo uspiano dos anos 1970

Jacira França

Resumo


RESUMO

O artigo objetiva discutir como se deu a relação entre a emergência da sociologia da comunicação no Brasil dos anos 1970 e a recepção da Teoria da Indústria Cultural formulada por Adorno e Horkheimer. O arcabouço teórico do texto foi construído em dois sentidos: primeiro, analisar a conjuntura sócio-histórica da sociedade brasileira do período; e, segundo, analisar a recepção do conceito de indústria cultural pelo Grupo Paulista de Sociologia da Comunicação da Universidade de São Paulo, que tanto agrega a perspectiva sociológica da comunicação quanto a teoria desenvolvida pelos frankfurtianos.

Palavras-chave: Sociologia da comunicação. Universidade de São Paulo.Teoria da Indústria Cultural. Escola de Frankfurt.

ABSTRACT

This article discusses the relationship between the emergence of Brazilian Sociology of Communication in the 1970s and the arrival of Cultural Industry Theory as formulated by Adorno and Horkheimer. The theoretical framework of the piece was built around two views: firstly via an analysis of the period’s socio-historical situation of Brazilian society, and secondly via an analysis of the acceptance of the concepts of Cultural Industry Theory by the Sociology of Communication Group at the University of São Paulo. The group aggregates the sociological perspective of the Communication Theory as well as theory developed by the Frankfurt School.

Keywords: Sociology of Ccommunication. São Paulo University Theory of Cultural Industry. School of Frankfurt.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
 |  Incluir comentário

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia