A PRESENÇA DE PERNAMBUCO NA OBRA DE RAUL POMPEIA

Ricardo Japiassu

Resumo


Banido da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco em São Paulo, para concluir o curso universitário o escritor Raul Pompeia radica-se no Recife. Primeiro residindo em Caxangá – então arrabalde da Capital – e depois na cidade de Jaboatão. O autor produziu em Pernambuco textos literários que posteriormente foram publicados em jornais cariocas, quando regressou ao Rio de Janeiro, sua cidade natal. Foram crônicas e contos e, sobretudo, os manuscritos de sua obra prima, o Ateneu. Este artigo, portanto, investiga o que o ficcionista escreveu sobre o Recife, quando aqui residia, ressaltando, por exemplo, suas reinvenções sobre os carnavais, especificamente os desfiles de maracatus. Investiga-se, além das Canções sem Metro, obra poética concluída em Pernambuco, todas as manifestações literárias de inspiração pernambucana.

Texto completo:

In press PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
 |  Incluir comentário

Direitos autorais 2018 Fundação Joaquim Nabuco



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia