ANÁLISE DA SEMÂNTICA HISTÓRICA EM PALAVRAS, PALAVRINHAS E PALAVRÕES DE ANA MARIA MACHADO

Luis Henrique Lopes da Silva, Nara Henrique Lira, Isabela Rego Barros

Resumo


O presente artigo pretendeu esclarecer o conceito de semântica histórica através de uma dissecação do livro Palavras, palavrinhas e palavrões.  O embasamento teórico deste discurso para se entender a semântica histórica é Stephen Ullmann, autor do livro intitulado “Semântica, uma introdução à ciência do significado”. Também obtivemos a proeminência de relatar a importância da polissemia e da metáfora, que são propriedades da Semântica Cognitiva, na semântica estudada. Foi evidenciada, no decorrer do texto, a relação da polissemia com a semântica histórica. Então, construímos este trabalho em três partes: Introdução, em que serão apresentados os conteúdos iniciais como conceitos obtidos através das fontes e a historicidade do conteúdo; Desenvolvimento, em que serão evidenciados os conceitos da semântica e, por conseguinte, da semântica histórica. Será feita, ainda nesse tópico, a análise textual, não apenas do livro em questão, e também a importância de alguns aspectos influenciadores nos estudos semânticos; e as considerações finais, parte que ponderamos o conteúdo analisado e obtivemos uma vasta compreensão do que foi abordado.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários
 |  Incluir comentário

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia