A 'Invasão de Desertores': As representações senhoriais sobre a 'soldadesca' na independência

Adilson Junior Ishihara Brito

Resumo


Este artigo tem como objetivo compreender o processo de independência do Grão-Pará a
partir das diversas representações construídas pelas autoridades públicas, civis e militares,
da província entre 1820 e 1823. Curiosamente, a documentação oficial trocada entre essas
instâncias do poder provincial revela uma forte preocupação com as desordens realizadas
por soldados dentro e fora dos quartéis, e em conluio com negros ex-escravos e escravizados.

Palavras-chaves: História política, independência, soldados.


This article has as objective to understand the process of independence of Grão-Pará from the
diverse representations constructed for the public, civil and military authorities, of the province
between 1820 and 1823. Curiously, the changed official documentation enters these instances
of the provincial power discloses one strong concern with the clutters carried through for soldiers
inside and is of the quarters, and in collusion with blacks enslaved and former-slaves.

Key-words: Education, schools, scholar substructure.: History politics, independence, soldiers.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 Cadernos de Estudos Sociais

ISSN:2595-4091

 

Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Atribuição (BY): Os licenciados têm o direito de copiar, distribuir, exibir e executar a obra e fazer trabalhos derivados dela, conquanto que deem créditos devidos ao autor ou licenciador, na maneira especificada por estes.