Prorrogação do prazo de chamada para dossiê temático: A mortalidade materna, fetal e infantil e atuação da vigilância do óbito no contexto da pandemia de COVID-19

08/04/2022

Esta chamada é destinada a compor um número especial da revista “Cadernos de Estudos Sociais”, editada pela Fundação Joaquim Nabuco. Título: “A mortalidade materna, fetal e infantil e atuação da vigilância do óbito no contexto da pandemia de COVID-19”. O foco da publicação é propiciar um espaço de discussão, debate e divulgação de estudos sobre a situação da mortalidade materna, fetal e infantil no contexto da pandemia de COVID-19 no Brasil.

O surgimento de um novo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, e a doença respiratória potencialmente fatal que ele pode produzir, COVID-19, se espalhou rapidamente pelo mundo, criando um enorme problema de saúde pública. O tipo de pneumonia causada pela COVID-19 é uma doença altamente infecciosa, e o surto em curso foi declarado pela Organização Mundial de Saúde como uma emergência global de saúde pública. Os resultados obstétricos da COVID-19, incluem morbidade e mortalidade materna, transmissão materno-fetal do vírus e infecções perinatais e morte de neonatos.

As gestantes, puérperas e os seus recém-nascidos foram considerados um grupo de risco na atual pandemia da COVID-19. No Brasil a mortalidade materna constitui um relevante problema de saúde pública, e o impacto da COVID-19 elevou o número de mortes entre gestantes e puérperas. Acrescente-se os fatores sociais e econômicos, tais como o aumento do desemprego e a diminuição do rendimento familiar, que podem ter impacto na situação de saúde materna e infantil.

Nesse contexto, é fundamental trabalhos e pesquisas que divulguem a situação da morbidade e mortalidade materna, fetal e infantil em tempos de pandemia, propiciando debates, discussões, reflexões e análise de profissionais de saúde, docentes e pesquisadores(as) de forma inter e multidisciplinar na saúde coletiva que tenham como objeto de estudo a saúde materna e infantil.

 

O número temático está estruturado em torno dos seguintes eixos:

  • Pandemia de COVID-19 e seu impacto na mortalidade materna, fetal e infantil.
  • Pandemia de COVID-19,repercussões nos fatores sociais e econômicos e suas consequências na saúde materna e infantil
  • Saúde reprodutiva no contexto da pandemia de COVID-19
  • Pandemia de COVID-19, consequências para a saúde reprodutiva e nos nascimentos.
  • Atuação da vigilância do óbito ou dos comitês de mortalidade materna, fetal e/ou infantil no contexto da pandemia de COVID-19.

Organizadores: Cristine Bonfim; Barbara Figueiroa; Isabel Raposo; Leila Katz e Paulo Frias

Prazo para o envio dos artigos: 16/09/2022

Diretrizes para os/as autores/as: regras para submissão (https://periodicos.fundaj.gov.br/CAD/about/submissions)

Publicação: segundo semestre de 2022